Ale Koga

Ale Koga

Escreve sobre sua vida, seu Universo e tudo que contém nele. Vive na ponte-aérea Criciúma/SC - São Paulo/SP.

Categorias:

Serra do Rio do Rastro e Bom Jardim da Serra

Sexta-feira Santa e o cronograma era acordar cedo pra fazer um piquenique. Não sabia onde ia ser, só sabia que deveria estar a postos e pronta para passar o dia fora. Também recebi a orientação para levar um casaco, pois poderia passar frio, mas jamais imaginaria que o destino seria a Serra do Rio do Rastro.

Minha primeira vez lá foi em Julho de 2012 e já tinha ficado encantada com o que vi. As curvas são bem sinuosas e lembro de ter deixado uma dica no Foursquare dizendo que a serra de Santos tinha ficado no chinelo. E reafirmo. Voltando lá agora pude sentir de novo o quanto a serra é incrível.

A subida leva em torno de 1h e se você enjoa fácil prepara o Dramin. A estrada é estreita, as subidas são íngremes e as curvas bem fechadas e se você for o piloto, atenção redobrada, pois em vários trechos é necessário parar e dar passagem para quem está vindo no sentido contrário. Também é possível parar em certos trechos para apreciar a paisagem e tirar foto.

Chegando no topo (são 1.430 metros de altitude), a vista é daquelas de tirar o fôlego.

erra do rio do rastro ale koga
Foto “recompensa”da vista do topo depois da subida.

Achamos um cantinho mais afastado para estender as toalhas e desfrutamos ali do nosso piquenique. Se você não encara essa versão do passeio, existem algumas tendas vendendo produtos coloniais e souvernirs da Serra, além de uma cafeteria onde o preço é exorbitante (2 cafés e 2 pedaços de torta =R$25,00).

Depois do piquenique, pegamos uma estradinha de terra no sentido oposto do mirante e seguimos rumo ao Parque Eólico de Bom Jardim da Serra, município que também abriga a Serra do Rio do Rastro e algumas belas cachoeiras. Ao chegar na entrada do parque você deve pagar uma taxa de R$10,00 por carro para entrar e ter acesso aos cânions e também aos enormes cata-ventos geradores de energia. (são 62 no total com 50 metros de altura cada. Eles iluminam Bom Jardim da Serra, a Serra do Rio do Rastro e parte do município de São Joaquim). E como dizem que uma imagem vale mais do que mil palavras, fiquem com algumas fotos de lá:

parque-eolico-bom-jardim-da-serra

parque-eolico-bom-jardim-da-serra-2

parque-eolico-bom-jardim-da-serra-3

parque-eolico-bom-jardim-da-serra-4

parque-eolico-bom-jardim-da-serra-5-ale koga

parque-eolico-bom-jardim-da-serra-6-ale koga

Todas as fotos (com exceção da última) foram tiradas com um Lumia 520.

Posts recomendados:

Gostou do que leu? Deixe seu comentário =)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.