O dia que eu me revoltei com a social media

Hoje acordei frustrada e desacreditada das mídias sociais. Cuido de várias contas de clientes de diversos ramos e o que mais vejo são perfis usando bots, curtindo e “interagindo”. Não tem conteúdo raiz, não tem comentário sincero, não tem like por afinidade, não tem análise humana do que está acontecendo. Só existe a busca desenfreada por números. Ninguém mais acredita em conteúdo real, em trabalho a longo prazo, em conquista de números reais. Gestores, produtores de conteúdo, “xoxa media”, os influenciadores, mídia, jornalistas… Todos hipnotizados pelos jóinhas e coraçõeszinhos. Os números são importantes SIM! Eles nos ajudam a mensurar, a entender, a direcionar e a justificar investimentos, mas chega de hipervalorizar “seguidores x seguidos”, “minha página tem mais curtidas do que a sua por isso é mais relevante”, etc.. Eu sou super a favor de utilizarmos as ferramentas que estão disponíveis no mercado para auxiliar e otimizar processos mas até elas precisam de uma configuração “humana” que realmente otimizem o trabalho, senão acabam virando um robô caça-like sem propósito. Então, profissionais e gestores de comunicação… repensem a estratégia e os números que estão valorizando nas redes sociais. Mais amor e verdade no que fazemos, menos fake numbers pra agradar o ego. E palmas para quem segue acreditando e tentando educar o pessoal sobre o que é realmente o trabalho de um social media e fazendo a diferença. E clientes: acordem e pensem antes de contratar por preço ou por like. Contratem por resultado efetivo em vendas. Like não vale nada se não gera venda ou retorno para a sua empresa. *texto originalmente publicado no meu...

Como criar uma página de empresa no Linkedin

Uma cliente me mandou um email perguntando sobre isso e como não é a primeira vez que recebo perguntas a respeito, resolvi deixar a preguiça de lado e postar aqui para ajudá-los em consultas futuras. Para criar uma página/perfil corporativo no Linkedin, basta estar logado com a sua conta pessoal e seguir os passos abaixo. 1. Clique na opção “Interesses” do menu 2. Depois, clique em “Empresas” 3. No canto direito superior, vai aparecer essa informação, aí você clica no botão “Criar” 4. Aí é só seguir os passos que o perfil corporativo estará criado...

Gerente de marketing da NetShoes dá dicas de marketing digital

Ontem me deparei com esse link  na timeline de alguma rede social e apesar do tema “dicas de marketing digital” estar um pouco batido, quando vi que  eram do Bruno Couto, gerente de marketing da NetShoes, dei um crédito afinal é notável o excelente trabalham que eles realizam. Transcrevi alguns pontos abaixo: A riqueza do marketing digital é poder ter a profundidade dos dados dos clientes. Conhecer a jornada do consumidor e entender quais são os conteúdos e meios relevantes do consumidor para ser mais assertivo e relevante para ele na mensagem. Segmentar todos os estímulos para o consumidor: – device – momento do dia – propensão de consumo do conteúdo – estímulos criativos – apostas comerciais – relacionamento do consumidor com a marca Ter clareza no posicionamento de marca. Ao ser claro, simples e objetivo fica mais fácil de falar com o consumidor de uma forma consistente ao longo do tempo. – onde a marca quer chegar? – o que a marca de fato entrega para o consumidor diferente dos concorrentes? Manter consistência no investimento. Não adianta fazer grandes picos de investimento e depois sumir. Tem que se manter sempre na cabeça do consumidor para ser sempre a escolha dele na hora de efetivar uma compra ou no mínimo buscar sobre algum produto, assim você fica sempre como uma das opções de escolha do consumidor. A ligação entre as áreas da empresa deve ser muito fortes. Não adianta o marketing querer investir em tal e tal canal mas não ter de fato uma aproximação com o departamento comercial, por exemplo. A equação de valor para o consumidor é muito sensível e deve-se...

Share POA 2015: vídeo-resposta @estevaosoares

Em Março, eu estive no Share POA 2015 e foi simplesmente incrível! Ainda estava naquele momento entre CLT x MEI e escutar todos aqueles profissionais falando sobre seus casos de sucesso e insucesso foi determinante e motivador para que eu seguisse em frente na minha jornada de freelancer. Fiz umas 40 páginas de anotações a mão e a minha intenção era ter transcrevido e postado logo após o evento mas ~shame on me~ainda não consegui parar e fazer isso de maneira decente e compartilhável. Mas, se tem algo que eu já posso e devo compartilhar é o vídeo-resposta do Estevão Soares pra mim. Ele palestrou lá no Share e falou sobre “Inteligência de Negócios em Mídias Sociais: como, quando e porque” e se disponibilizou a responder em vídeo todos que enviassem perguntas via Twitter pra ele. Eu perguntei como aplicar a inteligência e identificar o objetivo do cliente em pequenas empresas e ele me deu uma resposta que me ajudou a mudar toda a minha forma de trabalho. O som tá baixinho, mas coloca o fone de ouvido e aproveita essa dica de ouro do Estevão!...

Programa do Avesso – Redes Sociais

E eu, que desde os bons e velhos tempos de Garotas Nerds não tinha mais aparecido na mídia, eis que no dia 1º de Abril eu estava lá no estúdio da Rádio Som Maior FM – 100,7 aqui em Criciúma pra falar sobre marketing digital e redes sociais no Programa do Avesso dos queridos Mano Dal Ponte e Pity Búrigo. E não, não é pegadinha do dia da mentira não! Fiquei super feliz com o convite, ainda mais nessa nova fase da minha vida profissional. Pra quem não conseguiu escutar no dia, consegui o áudio do programa e é só apertar o play aqui embaixo e escutar! ;) Redes sociais citadas durante o programa: Facebook – Linkedin – Twitter – Snapchat – Instagram – Tinder...

Dicas de ouro do tio Ogilvy

Zapeando a timeline do Twitter vi o seguinte tweet do @bluebusbr: Cliquei só por causa do “leia isso” e… me surpreendi com o conteúdo! Sou formada em Publicidade e Propaganda e o nome do tio Ogilvy sempre foi muito citado quando o assunto era modelo de gerenciamento de agência de propaganda mas acho que na época não absorvi isso da maneira correta e agora cá estou eu devorando esses dois textoss geniais escritos por ele O “How to Write”  é um memorando de 1982 enviado a todos os funcionários da agência na época e o “6 tips on Meeting with Clients” faz parte do livro “Ogilvy on Advertisement”. (tá em inglês, mas vale a leitura ;]) (imagens retiradas da página do Ogilvy no...