Meu amigo-cão

Apresento-lhes o Pérsio, meu amigo-cão aqui em Criciúma. :] “Oi! Meu nome é Pérsio e eu conheço a Tia Ale desde que eu era bem pequeninho. Ela sempre passa aqui na frente da minha casa e conversa um monte comigo. Meus donos e os amigos dela acham ela doidinha, mas não estamos nem ai. Toda vez que ela se despede eu fico com essa carinha pra ver se consigo fazer com que ela fique mais um pouco, sabe? Ás vezes funciona, mas sei que se ela ficar, vai se atrasar pro trabalho. Acho que ela gosta um montão de mim e por isso fiquei quietinho pra ela tirar essa foto e me exibir pra vocês,...

Criciúma: 5 coisas para fazer na minha cidade

Quase nos 45 do segundo tempo e olha eu aqui participando do “Meme Rotaroots – 5 coisas para fazer na minha cidade”, mas vamos lá! Quando vi o tema, pensei: “ok, mas vou falar de qual cidade?” Resumo da ópera? Nasci em São Paulo, até 7 meses atrás morava em São Caetano e agora sou moradora de Criciúma. (se quiser saber mais tem a história na íntegra aqui) E escolhi ela, afinal, arrumar 5 coisas para fazer em São Paulo ou até mesmo São Caetano que é ali do lado fica fácil. Agora arrumar  5 coisas para fazer em Criciúma não é tão fácil assim. Quer dizer, pra quem mora aqui desde sempre pode ser, mas pra mim que to acostumada com o mundo de possibilidades da cidade que não dorme, não. Então sem mais delongas, aí vamos nós! 1. Comer Se tem algo que não falta pra fazer aqui na região é sair pra comer. O carro-chefe é o famoso “x-salada”, seguido dos rodízios de pizza e dos buffets estilo coma-o-quanto-conseguir-comer-até-não-aguentar-mais. Seguindo as categorias acima, destaco os meus prediletos: – Señor X: você escolhe a “base” do x-salada e depois pode se servir em um buffet de “recheios”. Destaque para o “Señorzito” (pão, hamburguer, queijo e presunto + fritas pequena por R$10). – Cantinho da Massa:  terça a domingo – janta (buffet de massas e saladas acompanhado de rodízio de pizzas salgadas e doces por R$25,90) sábados e domingos – almoço (buffet de massas e saladas acompanhado de rodízio de carnes grelhadas e deliciosas sobremesas por R$ 37,90) – Hamburgueria 1335: vale cada centavo e os lanches são deliciosos! Vi no GNTB que...

E lá se foram 3 meses…

Now playing: The Hurry and the Harm album – City And Colour Faz tempo que estou devendo esse post. Final do ano tá chegando e com ele começam a pipocar as resoluções, reflexões e todo o pacote completo de pensamentos sobre a nossa conduta, êxitos e derrotas até então. Ano passado, escrevi esse post onde fiz uma lista das coisas que gostaria de realizar no ano que viria e me surpreendi ao voltar lá no post e revê-la. O tema principal dela era “diminuir distâncias” e posso dizer que consegui sim diminuí-las. Mas, irônica e geograficamente falando, elas aumentaram. Explicar-me-ei. 2013 tem sido um ano bem intenso onde confrontei vários paradigmas que me cercavam. Precisei sair da zona de conforto e encarar o medo da consequência do fazer diferente. A vida toda segui um padrão de atitudes que raramente mudavam. (só quando o tombo era muito grande). Como a questão era fazer diferente, quis pular essa parte do tombo e mudar de uma maneira natural e até onde fosse possível, prazerosa. E cá estou eu: – 891 km mais longe da minha família, cachorro e amigos – com 6 kg a menos – andando 3 km por dia – trabalhando com 15 clientes a mais and counting… – vivenciando momentos e experiências que jamais imaginei viver – cozinhando (e gostando!) Escrevi aqui, há 2 anos atrás, que São Paulo era o meu amor e San Diego a minha amante. Continuo amando São Paulo e San Diego continuará sendo minha amante, mas agora tem uma terceira na jogada: Criciúma/SC. Ainda estou aprendendo a gostar dela, das pessoas que ela abriga e da maneira...

1º EcomBrasil 2012

Infelizmente não pude comparecer ao 1º Ecom Brasil que rolou no dia 30 de outubro em Criciúma/SC então convidei o Guilherme para contar o que rolou de legal nesse evento focado em e-commerce. Antes de começar, um pouco do autor do post por ele mesmo: “Guilherme Spiazzi – Redator freelancer, largou a faculdade de Física antes de ficar louco e mudou-se para as montanhas cobertas de neve. Passou uma década speaking the local language, respirando o Rock ‘n Roll da fonte e achando que o mundo todo estava conectado, mero engano. Curte tecnologia e modernidade, papel e caneta, música e entretenimento.” Com a palavra o teclado, Guilherme Spiazzi. *clap clap clap* (foto: site oficial ecombrasil) O tal do E-commerce (ou Comércio Eletrônico) é uma realidade mais do que sacramentada em de todo país capitalista do globo. Esse foi o tema do 1º EcomBrasil – relizado pela OPEN com o apoio da InSite que tive o prazer de conferir. O dia se resumiu a palestras de profissionais, empresários e empreendedores com muita visão de mercado, destaque para a palestra do Marco Bendin (Analista dos Correios) que mostrou muito embasamento e um conhecimento além da sua área de atuação. O foco do evento foi mostrar para o empreendedor leigo os passos para a criação de um negócio na internet ou a implementação de um sistema de vendas na rede caso você já tenha um ponto de venda físico. As ideias partiram desde de o designe da página até hospedagem, segurança, eficiência, público alvo, logística, venda, recebimento, agradecimento, emissão de nota… ufa. Na verdade as oito horas de troca de informação poderiam...